Para VoVs os Dados são importantes pois eles contam muita coisa sobre o público, como perfil demográfico (que é formado por pessoas entre 60 e 76 anos que moram em capitais e cidades com 50.000 ou mais de população), hábitos (pessoas idosas que usam computador, smartphone, e-mail e redes sociais X vezes por dia) e tendências (a população idosa cresce, em alguns anos seremos mais idosos que jovens).

Mas tem um lado que os dados nunca vão mostrar, pois as pessoas que fazem parte dos Idosos Habilidosos e os Personas Contratantes dos VoVs têm desejos, necessidades, medos, ideias e emoções que não podem ser medidos por números e estatísticas.

Explorando esse lado, surgiu um insight humano, ou seja, uma verdade fundamental que motiva o comportamento dessas pessoas. A memória afetiva é esse insight que ajuda na criação e promoção de produtos e serviços que supram necessidades e desejos, se encaixando certinho nas vidas das pessoas.

Foram incontáveis dias e noites para encontrar um insight que seja humano de verdade, para ajudar a desenhar a melhor experiência para os Idosos Habilidosos e Personas Contratantes.

Criamos uma amostra de usuários VoVs, assim, entendemos que até mesmo o público mais nichado pode ter tipos diferentes de pessoas, onde cada grupo tenha seus próprios desejos, necessidades e emoções. E não existe um único insight humano que sirva para todo mundo.

Por exemplo, a demanda para Habilidade de jogar gamão, Persona Contratante uma mulher 38 anos publicitária carioca morando a trabalho em São Paulo lembrou que jogava gamão com seu avô. Em três dias encontramos Idoso Habilidoso em gamão, um tio avô viúvo de 75 anos morador no mesmo bairro que vai caminhando desenvolve sua atividade gera renda e diminui a solidão.

Foi estruturado um grupo de Idosos Habilidosos para representar esse segmento, são pelo menos 15 pessoas entre 60 e 76 anos que dão conta de todo espectro de Personas Contratantes.

Também foi incluído alguns “curingas” como parentes, familiares de amigos e os amigos e amigas, que a cada dia mostram novos jeitos de usar VoVs, ou contam o motivo para não usarem.

Observando os usuários em seu habitat natural, em casa, no trabalho ou no transporte público, é um caminho muito importante da pesquisa, já que revelou comportamentos inconscientes das pessoas.

Uma emoção mesmo que sutil, como um brilho nos olhos, uma reação passional ou uma leve decepção, foi sondada. Ao sondar e fazer as perguntas certas, foi revelada uma conexão emocional com o ato de desenvolver ou demandar uma habilidade, que guia a abordagem do Marketing VoVs.

Encontrada a tensão, o problema e os desejos das pessoas, foi descobrir com o que elas se importam, para poder resolver o problema considerando o papel de VoVs nisso tudo.

Observação objetiva do contexto em que é usado pelo segmento do público. Em que estágio da vida, hora do dia ou época do ano eles o utilizam. Auditadas atividades, eventos e outras variáveis específicas que coincidiram para despertar o uso. Essa é a tensão pois é como eles gostariam que VoVs os ajudasse, e que emoções isso gera neles.

Então como diminuir a tensão para Idosos Habilidosos e Personas Contratantes?

Chame VoVs App representante facilitador do Marketplace de Habilidades realizadas para satisfazer a demanda gerada por Personas Contratantes. Assim diminuindo a solidão e gerando renda de forma sustentável e segura para ambos os lados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up