Quem se pergunta, surfar para idosos é viável? Com certeza já ouviu a frase: “você não pode ensinar novos truques a um cachorro velho”. Na verdade, muitas pessoas aplicam esse sentimento infeliz a si mesmas, alegando que a idade é um motivo para não se envolver em certas atividades, por exemplo, surfar. O que nos leva a uma questão importante: o surf é para idosos?

Conforme nós e tantas outras pessoas envelhecem, torna-se mais importante praticar atividades de todos os tipos para manter a saúde física e mental. Idosos devem, absolutamente, buscar coisas como surf (com a instrução certa), bem como quaisquer outros interesses que possam ter. Nutrir uma atitude onde tudo é possível é de extrema importância na preservação da mente.

Surfar para idosos

Existem muitos benefícios para a saúde a serem obtidos com o surf

Em média, você queima cerca de 400 calorias por hora.
O surfe usa todos os membros do corpo para um treino completo.
O exercício promove a saúde física, mental e o bem-estar.
Estudos têm mostrado que os exercícios oferecem muitos benefícios à saúde e que os adultos mais velhos podem ganhar muito se permanecerem fisicamente ativos.
Exercício físico traz vantagens no combate à artrite, doenças cardíacas, diabetes, pressão arterial, problemas de equilíbrio e dificuldade para caminhar.
Também ajuda a construir a força necessária para um bom equilíbrio, o que reduz o risco de queda.
Começar a surfar pode ser sua resposta para diminuir a dor e o desconforto.

Surf é um estilo de vida

Surfar para idosos, proporciona experiências diferentes para cada um. Existem muitos relatos de pessoas que afirmam se tornarem “um” com o oceano quando estão surfando. Muitos outros professam o surf como base de sua espiritualidade, religião ou estilo de vida. Então, o que você deve procurar em sua experiência de surf? Divirta-se, cuide-se, encontre espaço, fique tranquilo, a lista continua.

Não existe limite de idade para se tornar surfista

Você pode aprender a surfar aos 60 anos, pois você só descobre o verdadeiro sentido da vida quando pega sua primeira onda.
A idade é um estado de espírito. A esta altura, você provavelmente já ouviu falar que atingimos nosso pico de funcionamento e capacidade física entre os 20 anos até os 30 anos. Sem drama.
Tecnicamente, não há razão para que um homem ou mulher 60+ não consiga remar para pegar uma onda.
Hoje em dia, não é incomum encontrar “surfistas prateados” ao longo das praias de todo país.

O processo de envelhecimento faz parte da vida e não deve impedir qualquer pessoa de aprender a surfar. O surf não é uma atividade ao ar livre extremamente exigente fisicamente. Você pode surfar nas ondas de um pé na temporada de verão.

O envelhecimento produz várias mudanças em nosso corpo, e devemos entendê-las primeiro, antes de decidir se é tarde demais para praticar o esporte dos reis.

Felizmente, se você acabou de fazer 60 anos e quer se tornar um surfista, pode haver boas notícias para você. Como um homem ou uma mulher 60+ ainda pode pegar onda ao lado de crianças pequenas?

Surfar para idosos

Hábitos saudáveis ​​são fundamentais

Surfar para idosos tem um segredo que está nos hábitos alimentares e na atividade física regular. Se você tem uma dieta saudável e mantém uma rotina de exercícios de longa duração (ioga, pilates e meditação podem ajudar), poderá surfar para o resto da vida.

Portanto, se você é um 60+ e está pleno e confiante, siga as seguintes dicas:

1. Saber nadar;
2. Sinta-se confortável na zona de surf;
3. Não foi aconselhado pelo médico a ficar longe do oceano;
4. Pode realizar movimentos corporais básicos;
5. Compreender as regras fundamentais de etiqueta do surf;

Você só vai precisar de uma boa roupa de neoprene, um longboard, uma coleira e um instrutor de surf experiente. Comece pegando alguns rolos de água branca e avance para as pequenas ondulações de verão.

Há uma longa lista de surfistas veteranos famosos como John “Doc” Ball, LeRoy Grannis, Dorian “Doc” Paskowitz, Woody Brown, Fred Van Dyke, Gwyneth Haslock, Albert “Rabbit” Kekai, John Kelly, Peter Cole, Eve Fletcher, Pedro Martins Lima e muitos outros.

Ninguém espera que um surfista de ondas de 70 anos seja um surfista competitivo. Se ele está lá atrás, está apenas se divertindo e nos dizendo que nunca é tarde para pegar uma prancha de surf e aprender a andar sobre a água.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up