Precisamos alterar a forma como os adultos mais velhos se envolvem com o mundo. Precisamos ajudar a população idosa do mundo a gerenciar as decisões vitais da vida, prolongar sua independência e ficar mais conectada com amigos e familiares.

Pois para o envelhecimento da população, a solidão é mais do que um estado de espírito, é um fator de risco emergente que tem implicações para o bem-estar pessoal, econômico e social.

Diversas partes interessadas, incluindo líderes empresariais, profissionais da área médica, governos, grupos de defesa e organizações de serviços sociais, têm um interesse significativo em prevenir, identificar e abordar as causas profundas da solidão.

Sem contramedidas, os idosos enfrentam um distanciamento contínuo do mainstream, mesmo com o crescimento de seu número.

Empresas de todo o mundo estão procurando maneiras de adaptar tecnologias para ajudarem os idosos a manterem sua independência. Além disso, e possivelmente o mais importante, podem as tecnologias ajudarem a reduzir a solidão em adultos mais velhos.

As tecnologias em casa tem um papel importante na redução da solidão dos mais de 50 anos, mantendo-os conectados à família e amigos, mas um número significativo de idosos ainda não tem confiança no uso das tecnologias e no acesso à internet.

As tecnologias podem ser implementadas para combater o isolamento social entre os idosos. Usá-las efetivamente poderia reduzir a solidão e promover estilos de vida mais ativos, ajudando as pessoas a permanecer independentes em suas comunidades, mantendo seus círculos sociais reais.

As tecnologias podem desempenhar um papel importante na redução da solidão e permitir que as pessoas vivam de forma independente por mais tempo.

As tecnologias podem ajudar a reduzir o isolamento e aumentar o suporte social? As plataformas de mídia social podem fornecer engajamento social significativo? A internet pode ajudar efetivamente os idosos que vivem sozinhos a encontrar e acessar importantes recursos comunitários e privados, permitindo que eles vivam de forma independente por mais tempo?

Mas qualquer solução baseada em tecnologia deve superar o que muitos chamam de divisão digital relacionada à idade. Os adultos mais velhos são muito menos propensos a possuir e usar novas tecnologias.

Então novos esforços ajudarão as pessoas mais velhas a ganharem confiança em áreas como a configuração de smartphones, o uso de mídias sociais e o uso de wearables e tecnologia residencial conectada.

Pois as tecnologias são uma direção promissora no que diz respeito ao apoio a idosos socialmente isolados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up